jmahfus@hotmail.com

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Coluna de Segunda no Jornal do Povo


Prefeitos Facebook
Conversava no sábado com dois eminentes colegas professores e que militam há anos no Direito Administrativo e Eleitoral, acerca da necessidade premente que nossos governantes sejam mais profissionais. Como assim? Antigamente, as demandas municipais não eram tão especializadas. Hoje, os Prefeitos são exigidos, por leis, diariamente. Portanto, precisam ser e estarem gestores em tempo integral. Com medo das sanções, eu e meus colegas notamos o surgimento dos prefeitos facebook. Querem só curtir e compartilhar. Curtir o que é bom para eles e compartilhar o ônus com os demais setores das comunidades. Vejam que quando elegemos um mandatário, é para que decisões sejam tomadas. É fundamental isso. Administrar orçamento, não significa apenas poupar. É também investir. É projetar a realidade do município para os próximos anos. Mas infelizmente, a desprofissionalização dos agentes, aliada ao rigorismo legal, faz com que esses agentes políticos, sejam apenas cumpridores de mandato. Com isso as cidades não evoluem. E vejam como é gritante essa diferença, quando analisamos, por exemplo, municípios de mesmo tamanho, mesma história e quase que com o mesmo povo como aqueles situados no Paraná. É da água para o vinho. Curtir e/ou compartilhar é saudável. Mas só nas redes sociais. Não no poder executivo.

GG e o referendo
Me confidenciaram que GG só assumiria tocar o referendo, se o Ministério Público ou a Justiça Eleitoral, lhe exigissem por escrito. Caso contrário, manterá a decisão tomada. Aguardemos.

Opinião Pública
Com as redes sociais e as pesquisas, a opinião pública torna-se um instrumento importante. O que precisamos compreender, é que, essa opinião, só pode ser levada em conta, se esclarecida corretamente. Não esqueçamos que foi o povo que teria mandado crucificar Jesus e foi ele quem delegou a Hitler todos os poderes. Por que? Estavam mal informados.

Políticos e Saúde
Às vezes me deparo com pessoas dizendo que se eliminássemos os políticos teríamos mais verbas para a saúde. Mas quem sabe se eliminássemos os 60 dias de férias para o MP e o Judiciário, e eles gozassem de 30 dias, como todo mundo? Só com esse dinheiro, o Estado poderia contratar 30 médicos, para uma cidade como Cachoeira do Sul. Pense nisso!

Licitação
GG foi salvo pelo gongo. Ou melhor, por uma liminar. Parabéns ao vereador Balardin, que acreditou em sua tese, reverberou junto ao Jornal do Povo e enfrentou os adversários. Mostrou porque é vereador e precisamos de vereadores.

Mexam-se
Vocês sabiam que a Lei Orgânica nos assegura o recurso de consultas referendárias, plebiscitárias ou revogatórias versando sobre as concessões do Poder Executivo cabendo a iniciativa ao Prefeito, a dois terços dos Vereadores, ou a cinco por cento do eleitorado do Município? Portanto, mexam-se!

Decência
A nossa cidade precisa ser mais polida. Divergir é saudável. Nem sempre estamos todos alinhados na mesma causa. Mas usar expedientes sinistros e intimidatórios para tentar calar os outros, é mesquinho. E tenho notado que por aqui, isso começa a se tornar uma prática. A imprensa precisa ficar atenta a esses fatos e coibir os abusos. Lamentável.

Fórum Social
A impressão que fiquei do Fórum, é que ele está desconectado da realidade mundial. Virou um congresso político-partidário. E a maior prova, foi o boicote explícito do pessoal do OcupaPoa, dos Anarquistas, dos coletivos independentes e da ausência de Mujica, Chaves e Morales.

Internacional
Tirando o caso da reforma do estádio, a direção colorada é muito mais profissional que a gremista. Manter o DAlessandro, foi um golaço. Já senti, que meu sofrimento será grande na Libertadores. Parabéns aos colorados.

Nenhum comentário: