jmahfus@hotmail.com

sábado, 13 de fevereiro de 2010

A PRISÃO DE ARRUDA

Não há prazo pré-determinado para que o governador do DF seja posto em liberdade.Em entrevista , o ministro Marco Aurélio de Mello disse que a detenção de Arruda “pode se projetar um pouco no tempo”. Explicou que, quando a prisão é preventiva, “ela dura enquanto perdurar o quadro que motivou a sua decretação”. No caso de Arruda, a prisão foi decretada para impedir que o governador continuasse a lançar mão de seu poder para atrapalhar as investigações.Segundo Marco Aurélio, “é de estarrecer” o conjunto de evidências reunidas no processo que analisou. Entre elas, a tentativa de subornar uma testemunha.Caberá ao STJ, explicou o ministro, definir em que momento a prisão de Arruda poderá ser relaxada, sem prejuízo do andamento do inquérito do panetonegate.

Nenhum comentário: