jmahfus@hotmail.com

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

ARRUDA (DF) DEVERÁ SER PRESO

O pleno do Superior Tribunal de Justiça acaba de referendar (12 x 2) o decreto de prisão preventiva do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, e de mais quatro auxiliares e aliados: o ex-secretário de Comunicação Wellington Moraes, o diretor de Operações da estatal de energia CEB Haroaldo Brasil de Carvalho, do assessor pessoal e sobrinho Rodrigo Arantes e do ex-deputado Geraldo Naves. Um quinto envolvido já está detido: Antônio Bento, conselheiro do Metrô

Nenhum comentário: