jmahfus@hotmail.com

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

COLUNA DE SEGUNDA NO JORNAL DO POVO

ESCREVI E ASSINO EMBAIXO
Embora não se possa precisar, até o momento em que escrevo esta coluna, se teremos ou não segundo turno para presidente, é certo dizer que Dilma é a grande vencedora do pleito até agora. Não podemos esquecer que até o início do ano, Serra liderava com folga todas as pesquisas. Por aqui, apostei todas as fichas que Dilma chegaria em primeiro, embalada no prestígio de Lula. O eleitor, para presidente, vota sempre com o seu bolso. E nesse ponto, o governo de Lula foi muito melhor do que o de FHC. A oposição ao PT, nunca atacou o presidente e isso contribuiu significativamente para a criação do mito e a inexorável transferência de votos. Segundo turno, sempre é uma nova eleição. E isso é para ambos.

MARINA SILVA
Decidirá o pleito? Ela já disse que se não chegasse ao segundo turno, manter-se-á neutra. No entanto, o PV deverá apoiar Serra. O que não se sabe é se conseguirão transferir estes votos. Isso se houver o segundo turno. O ponto positivo, no entanto, é que o meio ambiente entra de vez na pauta política deste país.

FIASCOS DA ELEIÇÃO
Sem dúvida nenhuma foi o DEM, que encolheu absurdamente a sua bancada. Fazendo par o PSOL, que não conseguiu formar uma bancada. Parece que é o efeito do fora Yeda.

JOSÉ OTÁVIO
O deputado federal conseguiu reeleger-se. Diminuiu a sua votação no estado, mas isso aconteceu com todos de seu partido. Por aqui manteve o mesmo número. Apenas uma diferença. Agora Cachoeira representa maqis de um quarto de todos os seus votos.

MARLON
Grande votação do ex-prefeito. Merecia a cadeira de deputado estadual, por tudo aquilo que fez como prefeito.Ainda faltam alguns ajustes nas cadeiras, mas se ficar como primeiro suplente, mesmo assim assume. PDT apoiará Tarso.

NOVATOS
Anastásia, Ana Amélia, Dilma são exemplos perfeitos de que o eleitor não quer mais saber dos políticos tradicionais. Basta apenas os partidos oferecerem opções. O marasmo, a corrupção e as promessas vazias fazem com que todos nós procuremos novas alternativas.

ELEIÇÕES NO RS
Por aqui Tarso vencerá com folga. E será uma vitória histórica. Simples de se explicar. Fogaça não tinha nada para mostrar e nem ânimo para concorrer. E ainda teve como parceiro apenas metade do PDT. E Yeda, inexplicavelmente, não fez campanha. A desculpa é sempre a mesma: não tinham recurso. Pergunto: mas não se prepararam para competir?


MANUELA
Estourou todas as previsões. Coerência nas posições e uma boa campanha publicitária, torna-se a uma grande referência na política local e fortíssima candidata a prefeita em 2012, em Porto Alegre.

PMDB
Foi o grande derrotado. Abandonou a prefeitura de Porto Alegre, perdeu a eleição para governador e para senador. Sem nenhuma estratégia e com a única preocupação de derrotar Eliseu Padilha. Levou ele consigo, e o PP, que perde poder no governo do estado e na capital gaúcha. Minha tese do memorial do MDB, ganha força.

ANA AMÉLIA E PAIM
Até acho graça dos e-mails que recebi quando anunciei aqui que Ana Amélia seria candidata ao Senado e disputaria em pé de igualdade com Paim e Rigotto. Sua eleição foi facilitada com o erro do PMDB em usar a mesma estratégia da candidata ao Senado, e não ter chapa completa. O agronegócio agradece. Assim como a RBS.

BICA PEDROSO
Fez mais votos que muita figurinha carimbada e que gastou muito dinheiro por aqui. Inclusive daqueles que tinham apoio de figuras proeminentes da cidade.

Nenhum comentário: