jmahfus@hotmail.com

sábado, 11 de fevereiro de 2012

UERGS traz aluno de Manaus

Por Vinicius Severo na edição de hoje do Jornal do Povo

Aos poucos, Cachoeira do Sul vai se transformando no polo de ensino superior que deverá se consolidar com a instalação da extensão da UFSM. A Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs) terá um acadêmico vindo de Manaus para estudar na cidade. A vinda do paranaense Ismar Gavillán, 43 anos, para o município contou com um empurrão do destino: a sua transferência para o 3º Batalhão de Engenharia de Combate. Aprovado no Enem, ele ficou com uma das vagas que o curso de Administração Rural e Agroindustrial abriu na cidade através do Sisu (Sistema de Seleção Unificada, do Ministério da Educação).

Assim como ele, o Sisu pode trazer outros estudantes de fora do município. Na lista de espera da Uergs há 63 inscritos, entre cidadãos de Cachoeira do Sul, Pelotas, Marau e também do Paraná. Apesar de alguns já terem feito inclusive a matrícula, sua vinda para o município ainda não pode ser comemorada, já que ainda podem fazer opção por outras instituições.

MODELO - Possibilidades à parte, o certo é que a figura do subtenente Ismar poderia servir de modelo para a proposta que o município tem de divulgar suas potências e atrair estudantes de fora da cidade. No final desta semana, ele contou rapidamente a história de sua vinda para a cidade em um papo informal animado na vila dos militares cachoeirenses, na casa da cunhada, onde está residindo. Ismar contou que seu sonho era voltar a Cachoeira, onde havia trabalhado entre 2002 e 2005, se formar e se aposentar no município“.
A procura total pelos cursos da Uergs via Sisu foi de 371 inscritos, sendo 146 em Administração, 108 em Agroindústria e 117 em Agropecuária.

Uergs volta a planejar crescimento
O coordenador interino da Uergs, professor Julio Mahfus, reconheceu que a instituição esperava uma procura maior por inscritos nos seus cursos este ano. Ele credita à não ocorrência de provas na cidade o resultado, que teve 97 inscritos no curso de Administração Rural, e menos do limite de vagas nos cursos de Tecnologia em Agroindústira e Tecnologia em Agropecuária. “Muitos me confessaram que, sendo as provas em Porto Alegre e também pelo concurso do INSS no mesmo dia, acabaram optando por não fazer”, comenta Mahfus. Outro fator é que os cursos tecnológicos possuem aulas no período diurno, o que dificulta para acadêmicos que possuem emprego.
Ele avalia, porém, que há uma boa disputa por vagas no curso de Administração. “São três candidatos por vaga, é um resultado a ser comemorado. Para 2013, a Uergs deve trabalhar para aumentar essa procura”, comenta. Mahfus já projeta mudanças necessárias na estrutura da universidade no município para comportar o desejo de oferecer também Agronomia no próximo ano. A ideia é viabilizar recursos para reformar o terceiro piso do prédio da unidade. “Hoje não temos salas. Uma estrutura melhor nós vamos ter com a demanda pelos cursos”, comentou.

Vida tranquila
Ao longo da conversa, que durou cerca de 20 minutos, o paranaense Ismar Gavillán relatou sua admiração por Cachoeira. “É uma cidade tranquila, boa para criar os filhos e com um rio maravilhoso. Aqui você não passa fome, basta ter uma linha e anzol, esses dias mesmo voltei com 50 pintados para casa”, brincou, convidando a reportagem para entrar no pátio da casa e mostrar os três cachorrinhos da família que fez questão de trazer junto após a viagem de avião. “Paguei R$ 5 mil para que eles pudessem nos acompanhar. São da família, não poderia abandonar eles”, continuou o subtenente, pai de dois filhos, Ismar Júnior, de 14 anos, e Gabriela, de 19.
Outros pontos enaltecidos por Ismar do município são a cordialidade da população cachoeirense e o sossego da cidade. “Aqui você anda pelas ruas e as pessoas te cumprimentam, em Manaus isso não acontece. É muito diferente. É bom ser reconhecido”, completou. Apesar de ter passado os últimos sete anos fora da cidade, Ismar mostrou estar por dentro da realidade do município, falando sobre a vinda da UFSM e revelando que acompanha diariamente as notícias no site do Jornal do Povo.

Nenhum comentário: