jmahfus@hotmail.com

sexta-feira, 25 de março de 2011

TARSO ESCOLHE LIMA VEIGA

Como postado aqui, no início da semana, pela segunda vez consecutiva, o nome escolhido para procurador-geral de Justiça não será o do mais votado pelos integrantes do Ministério Público (MP) gaúcho. O governador Tarso Genro anuncia nesta sexta-feira Eduardo de Lima Veiga como novo comandante do órgão.

Lima Veiga fez menos votos na eleição do MP que a atual procuradora-geral, Simone Mariano da Rocha. Na eleição de 12 de março, ela obteve 426 votos e o escolhido de Tarso, 305. Os dois, ao lado de Paulo Vidal, integraram a lista tríplice submetida ao Piratini.

Há dois anos, ainda no governo Yeda Crusius, Simone também foi escolhida pela governadora sem ser a preferida dos integrantes do MP. Ela fez menos votos do que Mauro Renner, o que não impediu a tucana de indicá-la ao cargo.

A escolha de Tarso é o desenrolar de um momento de expectativa para os integrantes do MP. Por perfil, desde o início do processo, Lima Veiga parecia mais afinado com o que o petista pensa para a procuradoria-geral. Na quarta-feira da semana passada, em evento na Federação das Associações Comerciais e de Serviços do Rio Grande do Sul (Federasul), Tarso já havia dado indícios de que a escolha recairia sobre Lima Veiga.

O governador disse que estava avaliando os dois nomes, mas que escolheria alguém comprometido com o combate à corrupção e disposto a trabalhar em regime de força-tarefa com a polícia. Simone nunca foi uma entusiasta deste regime de trabalho. Lima Veiga, ao contrário, é um entusiasta do trabalho em combinação com outros órgãos

Nenhum comentário: