jmahfus@hotmail.com

terça-feira, 12 de maio de 2009

ABANDONADA

A postura adotada pelo presidente nacional do PSDB é de prestar solidariedade à governadora Yeda Crusius. No entanto, Sérgio Guerra afirmou nesta terça-feira, no Senado, que a defesa das denúncias de caixa 2 na campanha eleitoral fica restrita ao partido no RS, descartando, portanto, uma operação nacional da legenda.
De acordo com o presidente tucano, não teria sentido a sigla se envolver na defesa do governo do Estado.
A governadora deve chegar hoje à noite a Brasília e, entre os compromissos, devem entrar reuniões com líderes do PSDB para discutir a crise no Estado.

Nenhum comentário: