jmahfus@hotmail.com

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Liberdade Sexual

href="http://2.bp.blogspot.com/-3YGqMkYNnrM/T5VlNZRp9iI/AAAAAAAAAvQ/fCWtVPD5rto/s1600/mulheres-executivas%255B9%255D.jpg" imageanchor="1" style="margin-left:1em; margin-right:1em">

Liberdade Sexual
Em razão de meus estudos que me obrigam a viajar constantemente, freqüentar os mais diversos lugares e relacionar-me com as mais variadas pessoas, já percebi e escrevi por aqui, que a orientação sexual hoje está muito mais liberada. O que tem, no entanto, me chamado a atenção é como temos a cada dia, mais mulheres bissexuais assumidas, do que tínhamos antigamente. Talvez muito em razão de serem independentes economicamente, mas muito também se dá em razão da independência intelectual e cultural. Ao questionar sobre esse fato, invariavelmente a resposta é de que os homens estão cada vez mais chatos, egocêntricos, intolerantes e sem pegada. Ficam a maior parte do tempo relatando seus feitos, enumerando os carros que possuem ou possuíram a quantidade de festas que fizeram em seus amigos e que na maior das vezes, redundou apenas em bebedeiras, falando de seus empregos ou de seus negócios. Como se isso fosse, por exemplo, fazer com que uma mulher independente, por ele se apaixonasse ou ao menos lhe desejasse. Ledo engano. As mulheres gostam de elogios. Que se preste a atenção nos detalhes, como o cabelo, nas unhas ou em sua roupa. Mas também gostam ser ouvidas, porque hoje elas têm muito mais coisas para nos contar, do que nós homens para elas. Existe sim uma trajetória de sucesso feminina que nós homens precisamos prestar a atenção e compreender. Mas a maioria não faz. São hedonistas. Metrossexuais. Ou metrochatos. E por isso, é cada vez mais comum que a mulher prefira sim conversar e se interessar, também, por outras mulheres, o que pode levá-las também a experimentar novas sensações. São os novos paradigmas da atualidade e que ainda temos dificuldades em compreender. Por que escrevi sobre isso? Porque a política está por demais promíscua.

Vinhos e Prazer
Aliás, nada melhor que um vinho branco australiano ou neo-zelandês ou quem sabe um espumante brasileiro de qualidade, para despertar interesses e desejos em uma mulher. Vinhos encorpados, nem sempre são a melhor opção para elas. Talvez seja só para você. Fica a dica.

Direitos Civis
Fico a me perguntar que sociedade é essa que vivemos em que se renega constantemente o direito a diversidade e sequer gastamos algumas linhas em jornais, para discutirmos a união civil homoafetiva?

Acariocados
Impressionante como o portoalegrense incorpora a cultura carioca. Depois da profusão de botecos, agora temos a cada dia, uma nova casa de samba surgindo. Será apenas modismo?

Ronaldinho
Tudo isso que acontece com Ronaldinho e seu irmão, como a CPI e uma condenação por lavagem de dinheiro, por certo seriam mitigados, se não tivessem aprontado novamente com os gremistas. Hoje, até os colorados, os antipatizam.

Menos leitores
Acessei os números da terceira Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, realizada com 5.012 pessoas de 315 municípios. Uma das informações principais da pesquisa é o fato de o brasileiro ler menos livros por ano do que informou a última pesquisa, ou seja, hoje se lê apenas quatro livros por ano, contando as leituras obrigatórias da escola. Não preciso dizer mais nada.

Ateísmo
Supor que quem não crê em Deus carece de moralidade não é uma invenção nova, mas a profusão de religiões do país, disputando o mercado, parece estar exacerbando isso. A intolerância, de qualquer ordem, sempre é ruim para todos.

Legalização da Prostituição
Os religiosos vociferam. Os policiais, idem. Os moralistas de plantão, bradam impropérios. Falo da proposta da comissão de reforma do Código Penal de acabar com punições para donos de prostíbulos e reconhecer a mais antiga das profissões. E tramita lá, na casa da mãe Joana, que teimamos chamar de Legislativo.

Musica Eletrônica
A cantora Adele depois de tornar-se fenômeno mundial, agora ganha às pistas de danças. As casas mais descoladas do Brasil tocam invariavelmente as versões eletrônicas de Adele – Rolling in the Deep ( DJ Tiësto) e Someone Like You.


Nenhum comentário: