jmahfus@hotmail.com

segunda-feira, 9 de maio de 2011

COLUNA DE SEGUNDA NO JORNAL DO POVO

Escrevi e assino embaixo

No sábado conversava com algumas pessoas um pouco descrentes com a possibilidade da vinda da UFSM. Procurei sensibilizá-las do contrário. E elenquei algumas razões para isso. Todos sabem que uma das minhas maiores lutas é pela educação. E que em determinado momento entendi que o processo pela vinda da universidade estava equivocado. Só que essas coisas não interessam mais. Agora, cabe a cada um de nós cachoeirenses fazer o possível e o impossível para ajudar. Já me coloquei à disposição para isso. E estou muito satisfeito pelo fato de a juventude cachoeirense estar a cada dia que passa mais mobilizada. A partir do dia 16 de maio o movimento vai para as ruas. Camisetas, bottons, adesivos e passeatas. Precisamos publicizar a ideia para que enquanto isso a nossa comissão comunitária possa, com calma, fazer a parte política para a concretização do projeto.

A morte de Osama
Claro que os EUA sabiam o tempo todo onde estava Bin Laden. Apenas aproveitaram a melhor oportunidade política para executá-lo. Com Obama candidato, essa era a melhor hora. E matando-o, ao invés de capturá-lo, podem continuar financiando a guerra.

Boicote a gasolina
Nos falta muito em matéria de cidadania. Há tempo, os preços dos combustíveis subiram desmedidamente. O que fizemos? Nada. Acreditamos nas desculpas. Mas e agora que o álcool baixou? Por que o preço não cai? Simples. Porque consumimos. Deveríamos protestar. Consumindo apenas o que efetivamente fosse necessário.

Política local
Filiação de um grupo significativo de pessoas a um partido político local deve servir para mudar o panorama eleitoral da cidade. Tudo está sendo gestado e comandado de Porto Alegre.

Congresso Nacional
Depois de mais um julgamento do STF, fica cada vez mais difícil acreditar na seriedade do nosso Legislativo. Todos os grandes temas da nação acabam tendo que ser “legislados” pelo guardião da Constituição em razão da absoluta omissão de nossos deputados e senadores.

Escolas itinerantes
Juro que não consigo entender por que parte da mídia é tão avessa à ideia das escolas nos acampamentos do MST. Será que seria melhor que essas crianças não estudassem?

Imposto ambiental
É um absurdo que o imposto ambiental a ser instituído por Tarso Genro tenha por objetivo ser mais uma forma de arrecadação. Se a preocupação fosse ambiental, então que atingisse a todos os carros, independentemente do ano de fabricação, excetuando-se o do ano.

Uniões homoafetivas
Decisão histórica do STF colocou um ponto final em uma discussão que há muito permeia o mundo jurídico. A CF nunca barrou a união civil entre pessoas do mesmo sexo. Quem a impedia era o conservadorismo e o obscurantismo da classe política brasileira.

Reforma da previdência
Claro que toda a reforma irá prejudicar alguma categoria. No entanto, o Ipergs há muito vem sofrendo com a defasagem entre o que é recolhido e o que é pago. Além do que, o projeto de Tarso, em tese, atingirá apenas aqueles que podem contribuir um pouco mais.

A divisão do Pará
Bem, vamos criar mais dois estados. Mais Assembleias Legislativas, mais governo, mais Judiciário, mais Ministério Público, mais secretarias, mais autarquias, mais e mais. Aliás, alguém sabe me dizer para que serve o Estado como ente federativo se a CF delega tudo à União e aos municípios? Eu sei. Serve para empregar a nobreza, pois ainda não somos republicanos.

Gre-nal
A queda na Taça Libertadores fez muito mal ao Inter. Um time perdido e nervoso acabou sendo presa fácil para o Grêmio, que poderia até ter feito um placar mais elástico. Perdeu levando dois gols de pescaria do Viçosa. Duas derrotas seguidas no aterro transformaram o domingo colorado em um velório.

Nenhum comentário: