jmahfus@hotmail.com

sexta-feira, 6 de maio de 2011

AL QAEDA CONFIRMA MORTE DE BIN LADEN

A Al Qaeda confirmou nesta sexta-feira a morte de seu líder, Osama bin Laden, em fóruns jihadistas, informou o grupo de monitoramento americano SITE. A rede terrorista ameaçou ainda os Estados Unidos e disse que vai vingar a morte de Bin Laden.

"Afirmamos que o sangue do chefe dos mujahedins [guerreiros santos] Osama bin Laden é mais valioso e mais precioso para nós e para qualquer muçulmano, por isso não vamos permitir que seja derramado em vão", diz o comunicado.

A organização terrorista afirma ainda no texto que "uma maldição vai perseguir os americanos e seus seguidores dentro e fora de seus países". "Logo, com a cooperação de Deus, suas alegrias vão se converter em tristezas e seu sangue vai se misturar a suas lágrimas", ameaça.

Esta é a primeira declaração pública da Al Qaeda desde a morte de seu líder em uma operação secreta das forças americanas na casa em que ele se escondia, no Paquistão.

A mensagem deve acalmar os céticos que questionavam a veracidade da morte de Bin Laden diante da falta de evidências.

Bin Laden foi morto com um tiro de um dos cerca de 20 militares da Marinha dos Estados Unidos que invadiram, em três helicópteros, sua mansão de alta segurança em Abbottabad, cidade a cerca de 50 km da capital paquistanesa. A operação durou 40 minutos e, segundo as autoridades americanos deixou ainda um dos filhos de Bin Laden, uma mulher e dois homens mortos. Nenhum militar americano ficou ferido.

O governo americano divulgou poucos detalhes da operação, contrariados pelos relatos de fontes do governo americano consultados pela imprensa. O corpo de Bin Laden foi identificado pelas autoridades americanas através de técnicas de reconhecimento facial e exame de DNA, nenhum deles exibido ao público.

O corpo de Bin Laden foi lançado ao mar horas depois da operação e o presidente Barack Obama escolheu ainda não divulgar as fotos do terrorista morto, alegando que traria mais riscos do que benefícios.

Segundo a CBS, que diz ter tido acesso às imagens, a foto do corpo mostra o líder da rede terrorista Al Qaeda com um grande ferimento na cabeça e com perda de massa encefálica.

Na foto, que a Casa Branca qualificou na terça-feira (3) como "truculenta", pode ser visto o ferimento provocado por um projétil que acertou Bin Laden acima de seu olho esquerdo.

Bin Laden, segundo informações do governo americano, recebeu dois disparos à queima roupa ao oferecer resistência à prisão, embora estivesse desarmado. Ele foi atingido na cabeça e no peito por um dos militares da força de elite Seals, que conduziu a operação na casa do terrorista no Paquistão.

A Al Qaeda anunciou ainda que tem uma mensagem de áudio gravada por Bin Laden uma semana antes de sua morte e que deve divulgá-la em breve.

Nenhum comentário: