jmahfus@hotmail.com

terça-feira, 10 de março de 2009

COVATTI


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu agora há pouco, por unanimidade, negar o pedido de cassação do deputado federal Vilson Covatti (PP-RS). Para os ministros, no processo não existiam provas suficientes de que houve compra de votos pelo parlamentar.O deputado foi acusado de manter casas de hospedagem, conhecidas como albergues, para receber pessoas do interior que foram fazer tratamento de saúde na capital gaúcha durante o período eleitoral. De acordo o MPE, o deputado fez, também, o transporte dos pacientes da rodoviária às pousadas, aos hospitais e às clínicas.

Nenhum comentário: