jmahfus@hotmail.com

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

COLUNA DO JORNAL DO POVO

ESCREVI E ASSINO EMBAIXO

Sair da vida partidária não é me afastar da política. É apenas não estar mais preso a determinadas diretrizes ideológicas e a interesses pessoais de terceiros. Aliás, como não pretendo concorrer a nenhum cargo eletivo, estar filiado em nada me acrescenta. Não me arrependi, no entanto, de ter concorrido um dia. Aprendi muito e tornei-me ainda mais cético em relação aos partidos e aos políticos em geral. Descobri que não podemos confiar em ninguém e que seus inimigos são aqueles que convivem ao seu lado. Mas novos desafios estão postos, tanto em nível acadêmico, como no jornalismo, com mais um programa de rádio, agora na capital. Livrei-me de um “peso” e, com isso, a “caneta” e a “verve”, por certo, ficarão mais duras ainda com a liberdade conquistada.

Eleições RS

Fogaça está sem discurso para o interior, por isso a sua queda nas pesquisas. Além disso, na capital, como pouco fez por lá, minguam seus apoios a cada dia. Mas Tarso ainda está um tanto longe da vitória no primeiro turno. E se pensa em ser governador, que liquide a fatura de uma vez. Senão...

Dilma lá

Dr. Adelar Breitenbach disse que serei conhecido como Mãe Dinah, em razão de minhas previsões. No caso da Dilma, que ainda não aconteceu, se dá na razão direta de estar estudando e pesquisando sobre as eleições presidenciais há bastante tempo. E por ter certeza que os analistas políticos são muito mais torcedores do que estudiosos do assunto. Agora, Dilma que se cuide, pois manobras pesadas virão. E acho que está atingindo o teto e, portanto, eleitores podem entender necessário segundo turno. Como em 2006.

...E por aqui?

GG está encurralando-se politicamente com o PT. Ainda mais se as vitórias, lá e aqui, acontecerem. A saída será uma composição na majoritária. Mas por certo teremos Oscar, Pipa, GG, Neiron, Hilton e Marlon (se ele não se eleger deputado) encabeçando chapas para prefeito. Parece que poucas serão as novidades.

A quebra do sigilo, lá e aqui

Lula erra ao não punir servidores que facilitam quebras no sigilo fiscal. Agora, o outro dado a se considerar é que Serra errou o alvo. Ao que tudo indica, o objetivo de quem mandou investigar era ajudar Aécio. Ou seja, fogo amigo. Pode ser o fim da sua campanha. Aliás, por aqui, a arapongagem também apareceu, e de novo, com gente ligada ao gabinete da governadora.

Grêmio

Os sócios gremistas precisam votar na chapa de oposição, que trará Paulo Odone para a presidência de nosso time. Que me perdoe Fábio Koff, mas ele agora precisa ser preservado e guindado a condição de nosso novo patrono. Um homem com a sua biografia não precisa provar mais nada.

Oportunistas

Impressionante a política. Oportunistas de plantão já batem continência aos possíveis mandatários. Este é um velho hábito da política que o PMDB gaúcho, por exemplo, incorporou rapidamente.


Uergs

Impressionante, mas nenhum dos candidatos a governador sabe exatamente o que fazer com a Uergs. Fogaça diz que vai usá-la para o desenvolvimento regional, mas não diz como isso seria possível. Tarso fala em refundação e em reerguê-la. Mas também não diz como faria. Yeda diz que fez tudo o que era possível e inclusive a democratizou. E tem gente que aposta todas as suas fichas nos eleitos...


História

Cachoeira possui um inegável patrimônio histórico. Que não está democratizado e muito menos internalizado na alma das pessoas. Aliando-se a isso a qualidade de vida e teríamos, sim, possibilidade de fazer dessas alternativas uma forma de trazermos mais investimentos e investidores para cá. Com a palavra a Renate, a Ione, o Minssen, ...

Nenhum comentário: