jmahfus@hotmail.com

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

BASE DO PMDB GAÚCHO É DILMA

O candidato ao governo, José Fogaça (PMDB), adotou um discurso de neutralidade em relação à disputa presidencial para que a disputa entre as duas alas não contamine sua campanha.

O ato programado para a quarta-feira foi adiado por Temer para 2 de setembro após conversa com o presidente do partido no Estado, senador Pedro Simon, e deputados da legenda.

Alguns prefeitos defendem o voto "Dilmaça" no Estado: dobradinha entre Dilma e Fogaça.

Um dos líderes dilmistas no Estado, o prefeito de Quaraí (607 km de Porto Alegre), João Carlos Gediel, afirma que houve pressão da cúpula estadual do partido para o adiamento da visita.

Gediel diz ainda que pelo menos 100 dos 140 prefeitos do PMDB no Estado fazem campanha para a presidenciável petista.

Por meio de sua assessoria, Temer negou que tenha havido pedido para cancelar a agenda e informou que, além de se reunir com os prefeitos, vai se encontrar com Fogaça para reafirmar a importância do PMDB vencer a eleição e voltar a governar o RS.

Nenhum comentário: