jmahfus@hotmail.com

sábado, 26 de setembro de 2009

ESCÂNDALO

Envolvido no esquema de desvio de passagens na Câmara, o deputado gaúcho Paulo Roberto (PTB) também é suspeito de ficar com parte dos salários de dois assessores. A informação, revelada na edição da revista Veja desta semana, baseia-se em indícios apurados por uma comissão de sindicância da Casa. O depurtado acusa seu ex-chefe de gabinete de inventar as denúncias.

Nenhum comentário: