jmahfus@hotmail.com

sábado, 1 de agosto de 2009

NA ERA DOS GRAMPOS...

Advogado de figurões como José Dirceu e José Sarney, Antônio Carlos de Almeida Castro disseca os bastidores da CPI dos Bancos, no livro A Era do Escândalo, de Mário Rosa (Geração, SP), onde atuou como advogado do banqueiro Alberto Cacciolla. Neste País de arapongas, ele fez dois clientes tirarem a roupa para conversar no fim da tarde, com água até o pescoço, na Barra da Tijuca, no Rio. Ele explica por que forneceu os calções de banho:
- Para não incorrer no erro de um ex-governador do Paraná que foi andar na praia com um empreiteiro, que levava um gravador escondido no calção.

Nenhum comentário: