jmahfus@hotmail.com

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

COLUNA JORNAL DO POVO

FRASE DO DIA
Não há a necessidade de o TAC existir. Eu jamais faço TAC e fui chefe do MP. Acho que TAC não se faz nunca. Francisco Luçardo, Secretario da Transparência e Procurador de Justiça aposentado, dizendo que o TAC é uma camisa de força.

POLÊMICA
Você é a favor ou contra a proibição do estacionamento de veículos na Rua Sete de Setembro, aos finais de semana?

AÇÕES DE DESENVOLVIMENTO
Sei que este é o tipo de tópico que interessa a poucos. Mas sou obrigado a dizer que não podemos ficar perdendo tempo com discussões menores. É preciso que se retome o projeto de industrialização de nossa cidade. E esta é uma discussão que precisa ser “puxada” pelo executivo. Geração de empregos é o que precisamos. Senão voltaremos a ser uma cidade, em que o que interessa é a vida de meia dúzia e o que eles tem feito para mais aparecer. Em especial com o dinheiro dos outros.

RUA SETE
1) Morei ali vinte anos. Sempre foi barulhenta. Tinha o Independente, o bar do Guga na Major Ouriques e o Verde-Vida, para citar alguns exemplos. Nunca se dormiu ali nos finais de semana. Sem contar, os períodos em que a juventude tomava conta da Bonifácio sábado à noite. Só se tinha sossego, quando a Brigada agia.
2) Concordo com a reclamação dos moradores. O som, hoje, é ensurdecedor. Mas proibir o estacionamento de veículos é uma demasia. Tem que ter é policiamento efetivo. Aliás, parabenizo o GG por não entrar na pilha. Marlon caiu. E proibiu estacionamento, beneficiando ruas onde moravam autoridades públicas. Aliás, espera-se que GG, por decreto, desfaça esta insensatez.

FOI, UFSM!
Perdemos para Santiago. Ou qualquer outra. O que não é para ser, nunca será. Mas não coloquem toda a culpa no GG. Venderam gato por lebre. E ele embarcou, porque como os voluntários, também desconhece profundamente o assunto. Fiz minha parte. Sugeri e sugiro ainda a UNIPAMPA. E até coloquei, gratuitamente, minha equipe a disposição do projeto. Não quiseram. Não sei se por ranço ou ciúme.

O GRANDE DEBATE
Re-estréia amanhã, na rádio Vale (AM 1520), o Grande Debate. Agora apresentado por este colunista e Luiz Paulo Germano. O programa acontecerá todas as terças, com início às oito horas. Sempre se discutindo os grandes temas de nossa cidade com convidados especiais.

FAIXA ESPECIAL
• A dita “Operação Companheirada” não tem nada de irregular. As entidades conveniadas são sérias. Vazou como forma de atacar Neiron. Já tinha escrito aqui que a guerra começou.
• Parabéns ao HCB pela forma profissional de combater a gripe A. Não podemos semear o pânico.
• Confidenciaram-me que vereador amigo do ex-prefeito Marlon, está de malas prontas para outro partido. E com o amém da executiva municipal e estadual.
• Acertada a decisão de GG em prorrogar o início das aulas. Prevenção é tudo.
• Ficou uma dúvida: as aulas estão suspensas ou foi prorrogado o recesso? Como os professores serão obrigados a cumprir expediente, as aulas recuperadas extrapolarão seu contrato de trabalho. Onde está o SIPROM?

ESCREVI E ASSINO EMBAIXO
Embora não transpareça, tenho muita simpatia por GG. E acho que mais do que ninguém, merecia a chance de governar a cidade. Mas isto não me impede de criticá-lo. É um bom homem, honesto e decente. E tenho a certeza que lhe ajudo muito mais buscando apontar os seus erros, do que “puxando o seu saco”. A verdade é que depois das dez perguntas de segunda, muitas delas foram respondidas. E quer queiram ou não, o que vaticinei, aconteceu. Como por exemplo, o atraso na folha. Só que agora, aqueles que lhe elogiavam ou estão em cima do muro, ou já passam a criticá-lo. Mas é assim na política. Ele só tem que aprender que nem sempre o seu inimigo é quem lhe parece. E que política se faz com a cabeça, e não com o coração (sic) e muto menos com o fígado.

Um comentário:

Anônimo disse...

Professor, o senhor é disparado o melhor colunista de cachoeira. Abraço, do seu aluno Carlos Santana