jmahfus@hotmail.com

segunda-feira, 13 de abril de 2009

ULBRA - Notícia publicada por Políbio Braga

Os professores da Ulbra decidiram em assembleia realizada na noite desta segunda-feira no auditório Jacuí do Ritter Hotel, em Porto Alegre, pela manutenção da greve iniciadana última terça-feira. A categoria reivindica o recebimento de 3,3 salários atrasados eo afastamento da atual reitoria, responsabilizada pela crise da universidade. Os professores fizeram mais:
1) formalizaram junto ao Ministério Público Federal um pedido deintervenção na Ulbra
2) criar uma comissão de professores para elaborar uma pauta de reivindicações relativa à intervenção e acompanhar o processo de transição da Ulbra.
Um abraço simbólico ao campus da Ulbra em Canoas foi agendado para esta quarta-feira, com a participação dos alunos. Na quinta-feira haverá nova assembleia dos professores.
. A deposição do reitor da Ulbra, Ruben Eugen Becker, é apontada pelos professores como única solução para a crise da Ulbra.
. Nesta terça-feira, às 11h, será realizado Ato Público conjunto de professores,funcionários e alunos em frente à sede da Comunidade Luterana São Paulo (Celsp),mantenedora da Ulbra, com distribuição de folhetos e adesivos com o slogan adotado pelostrabalhadores: "Sou mais Ulbra - Fora Becker".

Nenhum comentário: