jmahfus@hotmail.com

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

COLUNA DE SEGUNDA NO JORNAL DO POVO

A LEI SECA NÃO VALE POR AQUI?
Está na hora da Brigada Militar, Ministério Público e Conselho Tutelar, e principalmente, as famílias, tomarem medidas mais drásticas no combate ao binômio álcool e direção em Cachoeira do Sul. No sábado e no domingo me espantei com a quantidade de adolescentes bebendo pelas ruas, tranquilamente. E o que é pior, muitos dirigindo seus automóveis. Todos aqueles carros que ficam estacionados na rua sete de setembro, com imensos isopores de cerveja nos seus porta-malas, nunca mais saem dali? Quem dirige aquele veículo, quando ele dali sai? Sim, quem os dirige, são os jovens que passaram a tarde e a noite ali bebendo. Mas onde estão as nossas autoridades constituídas? Quantos acidentes e quantas vidas serão perdidas, até que se tomem providências para inibir-se o uso do álcool, concomitantemente com a direção? O projeto BALADA SEGURA, já aplicado em POA, tem dado resultados significativos. Ali pelas bandas da cidade baixa, é cada vez maior o número de pessoas caminhando ao invés de usarem o seu veículo. Se dirigir, não beba, não faz parte de uma peça publicitária sem lógica alguma. É um aviso. E muito me admiram os pais, emprestarem seus veículos a quem não tem habilitação, para dirigirem e beberem. Aliás, esses devem ser os mesmos cidadãos que bradam contra a corrupção e contra os políticos. Mas o exemplo deve vir de casa. Fica o recado.

#AGUAPUBLICA
Hoje à noite os vereadores decidem os rumos do saneamento em nossa cidade. É hora de todos ficarem atentos para a postura que cada um irá tomar. Depois não adianta, se queixar. Eu, particularmente, defendo que o controle deva ser público. E você?

PALMAS PARA A MORTE
Realmente a pós modernidade veio acompanhada da ode a barbárie. Fico chocado em ver as pessoas comemorando a execução de Muamar Khadafi. O assassinato do ditador justifica por si, todos os atos bárbaros que ele cometeu. Portanto, quem é o bandido?

CORRUPÇÃO E IMPRENSA
A imprensa cumpre um grande papel no combate a corrupção. Exagera? Sim, algumas vezes. Mas isso nunca pode servir de justificativa, para calar-lhe. A corrupção é uma praga, que não começa com os políticos, mas em nossas casas, com os pequenos desvios éticos de conduta. Pense nisso.

O QUE É SER UM BOM POLÍTICO?
Hoje é quase impossível. Primeiro, porque todo aquele que ingressa na carreira pública, passa a ter a presunção de culpabilidade. Em segundo lugar, só terá sucesso se atender as expectativas da população, que em sua maioria, quer sim, um pequeno favor ou atendimento a algum interesse. Portanto, a tarefa é hercúlea.

CORSAN
Interessante será ver o vereador do PDT, defendendo a renovação do contrato com a CORSAN. Não terá escolha. Ou isso, ou colocará Marlon e seu novo partido em maus lençóis. O mesmo acontecerá com os vereadores do PP, que não podem mudar de posição, sob pena de colocarem seu ex-prefeito em uma posição jurídica desconfortável.

CULTURA E PATRIMÔNIO
Impressionante como algumas pessoas irritam-se contra a preservação histórica. Será que não sabem que a preservação é um atributo do direito ambiental? E portanto, legalmente precisa ser realizada? No entanto, já encontrei muitos desses que criticam, em viagens culturais. Quanta incoerência.

VIGÍLIA
Problemas como o que aconteceram este ano, não devem se repetir na próxima edição. No sábado, um grupo de nativistas e um representante da SETUR/RS já começaram uma articulação para que o próximo evento tenha recursos estaduais.

CAVALGADA CONTRA A IMPUNIDADE
Gauchada de Lavras do Sul e de Cachoeira do Sul iniciaram um processo de mobilização, para juntarem cinco mil cavaleiros e irem até Brasília, entregarem um manifesto para a Presidente Dilma, pedindo providências quanto à falta de agilidade das autoridades em punirem os responsáveis por desvios de dinheiro público. Tudo para a educação e nada para a corrupção. Esse será o lema.

FEIRA DO LIVRO EM POA
Começa dia 28, sexta agora, uma feira em praça nova. Além dos ilhares de livros a disposição, diversos intelectuais, de renome mundial, se farão presentes. Eu, em particular, não perderei Tariq Ali e Eric Mcluhan, os dois no encerramento, no dia 15 de Novembro. Imperdíveis.

2 comentários:

Anônimo disse...

mahfuz, o lazer do cachoeirense é a domingueira no centro e na sete, e tu acha que vai acabar com o point dos jovens aonde cachoeira não tem lazer, entretenimento, então ache um point para os jovens se divertir??? cachoeira é um tédio e tu ainda quer mudar isso, é muita cara de pau!

Rodrigo Sanmartin Carlos disse...

Como é que é, aquilo é "lazer"???
E o anônimo defende o tal lazer domingueiro como alternativa ao "tédio"? É muita falta de criatividade...