jmahfus@hotmail.com

sábado, 15 de março de 2008

CPI DO DETRAN

O esperado depoimento do Ex-Presidente do DETRAN Carlos Ubiratan, na segunda-feira, na CPI, talvez não seja a bomba que todos esperavam detonar. Ele conseguiu, no STF, o direito de não responder as perguntas que entender prejudiciais a sua defesa e fazer-se acompanhar de Advogado. É o Direito Constitucional de não se ver obrigado a fazer prova contra si mesmo. Este artifício foi muito usado na CPI do Mensalão.

Nenhum comentário: