jmahfus@hotmail.com

sexta-feira, 21 de março de 2008

ARAGUAIA

Foi notícia no Estadão e no Blog do Noblat: militantes comunistas, dados como desaparecidos na Guerrilha do Araguaia, foram capturados vivos. O Exército diz que não possui nenhum documento oficial sobre o assunto, mas um simples processo administrativo comprovou o fato. A atuação fora dos ditames do Estado de Direito, por parte do Estado deve ser respondido ou então investigado. Os familiares tem o direito sagrado de saber a verdade.

Um comentário:

Giuliano disse...

Concordo que as familias devem e tem todo o direito a saberem o que aconteceu com os elementos que foram torturados,mortos e terem ate onde foram enterrados os corpos dos que ainda estao desaparesidos mas o que nao se póde eh punir a instituição exercito por esta barbari e sim as pessoas que deram ordens para que fosse cometitada tal cena em territorio nacional cobrindo de vergonha e sangue nosso tao honrrado solo patrio mas o que nao pode admitir que nossa sociedade que muitas vezes eh tao mesquinha que olha com "olhos torcidos"para uma instituiçao que nao quer ser só valorizada mas sim que o Brasil nos ame como nos militares amamos essa terra!!!!Porque na faixa sul e do Rio e Sao Paulo nao se tem a dimensao do que o exercito faz,agora morando aqui no norte vejo esta insttuiçao em permante vigilancia nas fronteiras ainda mais depois dos incidentes na Venezuela!!!Por isso falo e repetito sou totalemte contrario ao sigilo do que aconteceu naquele tempo mas que nao se pode punir uma instituiçao que tanto ama essa terra e esse Povo.
----------------------------------
Um abraço Professor Julio e tudo de bom para o senhor e sua familia e sucesso tanto porfissional quanto pessoal