jmahfus@hotmail.com

sexta-feira, 5 de março de 2010

A UNIÃO PMDB E PDT

A reunião desta quinta-feira foi antecedida de conversas nervosas entre as principais lideranças do PMDB no RS, porque ocorreram ruídos depois do encontro de segunda entre Fogaça e a bancada na Assembléia. Das conversas, resultou uma nota da bancada estadual, na qual ficou claro que o PMDB atenderá a última das exigências feitas pelo PDT para fechar a coligação, ou seja, o apoio local a Dilma Roussef.
. O principal efeito da coligação com o PDT não será apenas o reforço eleitoral da candidatura de Fogaça, mas pelo menos tres outras consequências:
1) O PT fica definitivamente isolado e isto vale qualquer preço para o PMDB, inclusive o de apoiar Dilma.
2) O PT, além disto, vira pato manco no RS, porque Dilma e Lula dividirão o palanque entre Tarso e Fogaça, o que é inédito e surpreendente no Estado.
3) O PMDB reforça sua posição mais à esquerda.
Os termos da aliança com o PDT não representam apenas ganhos políticos e eleitorais para o PMDB, porque o eleitorado anti-petista de direita e de esquerda, reforçará enormemente a candidatura de Yeda Crusius, do PS

Nenhum comentário: