jmahfus@hotmail.com

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

COLUNA JORNA DO POVO

COLUNA JULIO MAHFUS
jmahfus@hotmail.com

FRASE
“A lógica é uma iguaria do pensamento. Mas há quem prefira comer capim”. Colunista Reinaldo Azevedo, odiado pela direita e pela esquerda, em seu livro Máximas de um país mínimo.

POLÊMICA DA SEMANA
Com Fogaça dizendo que não concorre e com Rigotto renunciando a qualquer pretensão, como ficará a direita gaúcha na eleição para governador? Abraçará em definitivo Yeda? Ou partirá para uma terceira via, de preferência com um esquerdista arrependido?

GRÊMIO
Nos pitacos que dou por aqui sobre futebol, parece que tinha razão. Levamos dois meses para contratar um treinador que perdeu a libertadores e sequer nos classificou no brasileirão. Agora já faz trinta dias que a alta cúpula gremista procura um treinador. Da lista feita, dois já refutaram. Quer dizer, já estamos na terceira opção. Com Duda Kroeff na presidência e o Meira, marcha lenta, de Vice, vamos rumo a segundona. De novo.

MENSALÃO
Pelo noticiário nacional, parece que tudo começou com os tucanos de Minas. Passou pelo PT em Brasília e lá mesmo encontrou um aprendiz com o escândalo protagonizado no governo de José Roberto Arruda (DEM). Aquele mesmo que ajudou ACM na violação do painel de votação do Senado. O vaivém de maços de dinheiro e os diálogos sobre propinas são tão desavergonhados que se esvaiu o benefício da dúvida.

ENCHENTE
A atuação do Secretário Neiron Viegas durante o triste episódio da enchente em nossa cidade, foi exemplar. Disponibilizou seu celular e era visto até altas horas da madrugada ajudando os desabrigados. Enquanto isso, o vice-prefeito participava de um seminário em NH e o Secretário da Saúde ficou envolvido com as acusações feitas pelo CMS.

MUSEU
É uma pena que GG não tenha entendido a importância da contrapartida do Município no projeto do Museu municipal. Aliás, comprou uma briga com um setor, o da Cultura, que votou em massa nele. Mas a comunidade cachoeirense saberá como ajudar.

POLÍTICAS DE INCLUSÃO
Aproxima-se mais uma campanha eleitoral e certamente teremos candidatos utilizando-se das necessidades das pessoas para fazerem votos. Nesse momento, o mais importante é o compromisso de colocar em prática a legislação e fazer com que estas políticas sejam efetivadas de verdade. GG poderia sim dar mais atenção ao setor.

FAZENDA
Disse aqui várias vezes que a estória de atraso na folha, era muito mais uma desculpa do que uma realidade. Na verdade esta é uma forma para justificar a falta de investimentos e pagamento de fornecedores. De toda sorte, ainda bem que nossos servidores receberam em dia, neste ano.


FAIXA ESPECIAL
• Vestibular da UERGS com inscrições abertas. Ensino público e de qualidade a nossa disposição.
• Decisão de Rigotto facilita a dita Aliança trabalhista.
• João Luiz Vargas deve ser candidato a deputado estadual pelo PDT. Com o apoio de cachoeirenses.
• Tática de Tarso começa a dar certo. Derruba um a um os peões.
• DEM deverá filiar em seus quadros duas grandes lideranças municipais.
• Oscar Sartório é Vice-Presidente estadual do PR.
• Yeda pagará em dia, novamente, os salários de dezembro e o décimo. Quebrou uma tradição de anos.
• Ottomar Vivian foi um golaço para Yeda. Silenciou a oposição.
• Blog (juliomahfus.blogspot.com) supera o número de acessos, semanalmente.
• UNE é suspeita de fraudar convênios.
• GRANDE DEBATE (todas as teças, às 8h na 1520 kW) consolidou-se como o programa político com mais participações dos ouvintes.

ESCREVI E ASSINO EMBAIXO
Continuo não enxergando uma política de desenvolvimento para a nossa cidade. E agora, por último, períodos de enfrentamento. GG precisa ter calma. Construir uma base sólida, não só na Câmara como em especial na sociedade civil. Existem formas de se dizer não. E talvez esteja na hora desta tarefa ser delegada. A exposição excessiva traz ônus. O administrador fica por demais exposto. Seu governo é bom. E pode melhorar. Com o início do segundo ano de governo passa a ser necessário um período de concertação. Buscar aliados sólidos, que não lhe exijam cargos e sejam capazes de propor soluções. E assim por certo, dias melhores virão.

Nenhum comentário: