jmahfus@hotmail.com

terça-feira, 27 de abril de 2010

ADOÇÃO

A 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça reconheceu por unanimidade a adoção de crianças por um casal homossexual de Bagé (RS). Segundo o ministro João Otávio de Noronha, não se pode supor que o fato de os adotantes serem duas mulheres prejudicará a criança. Para ele, “dano ao menor seria a não adoção”. A criança será registrada com o nome das duas mães

Nenhum comentário: