jmahfus@hotmail.com

segunda-feira, 15 de junho de 2009

COLUNA JORNAL DO POVO (15.06.09)

MARLON – Não acredito que a Câmara de Vereadores acolha o parecer do TCE. Primeiro porque as ditas irregularidades ou sempre foram e até hoje são cometidas, como o desvio de CCs, ou então, como a questão do patrimônio, nasceu de um equívoco do próprio tribunal, tanto que em 2007 e 2008 sequer foram mais apontados. Digo isso porque transformarão Marlon mais uma vez em vítima e dobrarão a sua votação, até porque não estará inelegível, caso recorra judicialmente da decisão, se ela lhe for desfavorável.

CORAÇÕEZINHOS – Muitas pessoas me confidenciaram que acharam brega os coraçõezinhos. Não sei dizer, até porque por lá não passei. Mas tenho dito que GG está blindado e, portanto, autorizado a fazer este tipo de jogada de marketing. Que é arriscada. Até porque está nos devendo um rosário de promessas e será, mais dia ou menos dia, cobrado.

COLETA SELETIVA – Ao invés de reclamar do custo, o Executivo Municipal poderia aproveitar a disposição de muitos de seus colaboradores e iniciar uma campanha de conscientização, que não foi feita no governo anterior em razão da justiça eleitoral, que via em todos os atos de divulgação propaganda eleitoral irregular.

SENADO – A cada dia é mais forte dentro do PP, e em especial na capital do estado, a possibilidade de José Otávio concorrer ao Senado ou em até como vice em uma possível coligação que o partido venha participar. Até porque hoje é certo que o partido não terá candidato a governador.

ATENÇÃO – Existe uma conversa de bastidores que GG não assinará mais nenhum TAC, tal qual o governo anterior. Cuidado! Naquelas situações, onde existe verba carimbada, como na saúde mental, o MP ingressa com ação civil pública e bloqueia imediatamente o recurso.

VEM, UFSM! – Para não deixar passar batido. Já deve ter chegado ao prefeito a oferta feita pela instituição em realizar gratuitamente o projeto pela vinda da federal. Superado a dicotomia em relação à Unipampa, disse aqui mesmo que estava ao lado da opção acolhida. E sempre em prol do desenvolvimento do município, deixando de lado as divergências políticas.

UERGS – Teremos vestibular de inverno e chances reais de um curso de Agronomia. É hora de abraçarmos de vez o projeto.

Nenhum comentário: