jmahfus@hotmail.com

terça-feira, 5 de março de 2013

Vereadores devem ser remunerados? ( Coluna publicada no Jornal do Povo)




Vereadores devem ser remunerados?
Defendo há muito tempo a tese de que vereadores não deveriam ser remunerados. Apenas indenizados. E que as Câmaras tivessem sempre, o maior número possível de edis. Mas por outro lado, que se remunerados, fossem, que a dedicação deveria ser exclusiva, ou seja, vereadores em tempo integral. Por que isso? Muitos estão, nas casas legislativas, apenas engordando o seu patrimônio, dedicando-se o mínimo de tempo necessário, e deixando aos servidores da casa, o trabalho mais pesado. Ora, como conceber, por exemplo, que o escândalo das horas-extras, que teve até apontamento do Tribunal de Contas, e portanto, público, não foi sequer questionado por qualquer um deles? Por que até o momento, ninguém foi capaz de protocolar um pedido de CPI, para apurar isso, e todos os demais ditos esqueletos, que o governo atual diz existir, sobre o anterior? Não precisamos de um vereador para tirar foto em buracos de ruas. Também não precisamos de vereadores para ficar pedindo lâmpada e patrola nos bairros. Não precisamos de vereadores, para proporem leis estapafúrdias. Precisamos, sim, de vereadores que fiscalizem. Que denunciem. Que emparede o executivo no sentido de que o mesmo, fique atento e perceba que seus atos estão sob a mira daquele que é pago pelo contribuinte para fiscalizar. PEC como essa, que tramita no Senado, para acabar com a remuneração dos vereadores em cidades com menos de 50 000 habitantes, ou então referendos e plebiscitos que pretendem diminuir o número de cadeiras são fruto da indignação da sociedade com a leniência dos legislativos, que em sua maior parte do tempo, apenas conchavam com o fito de arrumar emprego para seus apadrinhados. Escrevi e assino embaixo!

Senado
Ao invés de tentarem promover um golpe de estado, pedindo a renúncia do Calheiros, o que deveríamos fazer é lutar pela extinção do Senado. Alguém sabe me dizer, qual a serventia daquilo?

UFSM
O reitor, ao dizer que vai remeter ao CONSUN, apenas no segundo semestre, o nosso projeto de extensão, coloca mais uma pedra em nosso caminhos. Aceitou a pressão da CACISM e está preocupado apenas com a sua reeleição. Se tudo certo, teremos vestibular, apenas em 2015.

Agronomia
Para que não sejamos pegos de surpresa e que o ingresso aconteça mesmo em 2014, o COLETIVO UNIVERSIDADE PÚBLICA está se reunindo com diversos setores da sociedade e pretende, nos próximos dias agendar visita a Tarso Genro.

UERGS
A parceria do Coletivo junto com a Prefeitura, garantiu a construção de uma sala de aula nas dependências da Universidade. Com o ingresso de mais uma nova turma de 40 alunos, começamos sim a ter cara de Ensino Superior. Confirmou-se o que sempre defendi aqui.

Lixo
Sugiro que retirem as lixeiras de ferro das calçadas na rua sete de setembro. Melhorará o tráfego de pedestres, e principalmente, fará com que os moradores passem a usar os containeres, pois é inadmissível, que continuem depositando o lixo na rua, ao invés de usarem os coletores. A sujeira entre a Milan Krás e a Major Ouriques é de doer.

Ruas e Praças
Parabéns as equipes que limparam as praças e estão limpando as ruas da cidade. É obrigação? Sim. Mas a banca paga e recebe. Reclamamos aqui. E agora elogiamos.

Novos Líderes
A Igreja Católica está sem Papa. E um conclave, com muitos conchavos inicia-se nessa segunda.  E no próximo dia 9, cerca de 40 mil homens que freqüentam rituais secretos semanais, usam códigos para reconhecimento mútuo e se tratam socialmente como "irmãos" irão às urnas para escolher seu líder máximo. É a eleição do Grão-Mestre da GOB.

Nenhum comentário: